Segundo a imprensa internacional, a causa da morte da escritora, atriz e ativista trans seria suicídio.

Camila María Concepción, roteirista das séries 'Gentefied' e 'Daybreak', morre aos 28 anos Reprodução/Instagram Camila María Concepción, roteirista de séries como "Gentefied" e "Daybreak", morreu aos 28 anos.

A morte, tratada como suicídio, aconteceu no dia 21 de fevereiro, mas foi anunciada pela imprensa internacional nesta quarta-feira (26).

Representantes da série "Gentefied" e do Netflix confirmaram a informação e lamentaram a morte da autora, atriz e ativista trans.

"Estamos profundamente tristes por saber da morte trágica de Camila Concepción”, informou o Netflix.

"Camila era uma talentosa escritora apaixonada por contar histórias, por dar voz às minorias e lutar pela representação em frente e por trás das câmeras.

Ela fez ousadas e críticas contribuições para nossa indústria, mais recentemente através de seus textos em ‘Gentefied’.

Seu legado se manterá vivo através de seu trabalho.

Nossos pensamentos estão com sua família e amigos neste momento de perda." "Estamos com o coração partido pela perda de Camila Concepcion.

Ela foi contratada como nossa roteirista assistente, mas rapidamente ocupou espaço em nossos corações como uma irmã, roteirista e amiga", informaram representantes de "Gentefied".