O Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de coronavírus no Brasil, após suspeita levantada a partir de um homem de 61 anos que veio da Itália.

Há outros 20 casos sendo analisados, sendo que 59 suspeitas já foram descartadas.

A suspeita foi confirmada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADESegundo informações, o homem havia participado de uma reunião familiar, o que levou o Ministério da Saúde a colocar 30 pessoas sob observação por terem tido contato com ele.

A suspeita havia sido registrada pelo hospital Albert Einstein, após primeiro exame ter dado positivo para coronavírus.

Uma contraprova foi feita pelo Instituto Adolfo Lutz, que em três horas confirmou o caso.

Os passageiros do voo que trouxe o homem da Itália não ficarão em quarentena, segundo informou o ministro, mas 16 devem ficar em observação, levando em consideração a poltrona onde o paciente viajava.

Como o homem esteve circulando desde que chegou ao Brasil, o risco de contaminação de outras pessoas é real e coloca o Governo Federal em alerta.