O deputado estadual Rosenverg Reis (MDB) apresentou na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) uma emenda que visa proibir que os blocos de Carnaval utilizem símbolos religiosos cristãos.

A emenda foi apresentada ao projeto de lei 1.

800/20, que regulamenta a apresentação de blocos de carnaval de rua.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEO texto diz: “Fica proibida a utilização de imagens e utensílios da religião cristã, sem a devida autorização da respectiva Instituição Religiosa Cristã, em blocos carnavalescos de rua, realizados no âmbito do Estado do Rio de Janeiro”.

Segundo o jornal O Globo, há dois blocos tradicionais no Rio de Janeiro que utilizam simbolismos religiosos e que poderiam ser impactados de forma negativa caso este projeto seja aprovado: o bloco Suvaco do Cristo, fundado em 1985, e o bloco das Carmelitas, de 1980.

Se aprovada, além de regulamentar os blocos, o projeto obrigará o Estado garantir e organizar a segurança dos eventos, disponibilizando estrutura como banheiros químicos, brigadistas e serviços médicos.