Encontro entre a população e o bloco ocorrerá na Rua Joaquim Cordeiro Vanderlei, no domingo (16).

Bloco Cultural Boi da Gente em Belo Jardim Divulgação O Grupo Cultural Boi da Gente se apresentará em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, no domingo (16).

O encontro entre a população e o bloco ocorrerá na Rua Joaquim Cordeiro Vanderlei, no bairro de São Pedro, a partir das 15h, e percorrerá pelas principais praças da cidade, como a dos Motoristas, a do Padre Cícero e a Praça Jorge Aleixo da Cunha. Assim como nas edições anteriores, esse ano o Boi da Gente traz uma temática: "A Arte de Resistir".

De acordo com um dos organizadores, Léo Lira, o tema de 2020 é mais uma forma de luta da classe artística diante do desmonte do setor cultural no Brasil. "A escolha do tema vem dessa luta que os movimentos de cultura popular vem enfrentando, não só aqui na cidade, mas no país, com o fim do Ministério da Cultura e o fim das políticas de cultura.

Diante de tantas questões, os artistas vêm lutando para sobreviver.

Aqui na cidade nem se fala, o Boi da Gente é quem traz esse legado há tantos anos.

A gente vem travando tantas lutas sem apoio dos órgãos competentes, mas vem resistindo dentro desse contexto", explica Lira. Além da temática, o grupo também homenageia uma personalidade da cidade.

Esse ano, o homenageado é Severino José da Silva.

Durante mais de 50 anos, Severino saia com o Boi de Biu pelas ruas do município, considerado pelos moradores como o menor bloco carnavalesco do mundo. Segundo Léo Lira, o Boi da Gente é uma evolução do Boi de Biu, pois a história do grupo é muito semelhante a trajetória de resistência de Severino.

"Homenagear Biu é isso, ele foi um artista, uma pessoa que fez o carnaval dele sozinho por anos e anos.

Para gente, é muito importante trazer a memória dele nesse momento", finaliza.