Em junho deste ano o ex-zagueiro Alex Silva se aposentou e agora tem dedicado seu tempo para ministrar por todo o país, contando seu testemunho de vida.

Conhecido internacionalmente, o atleta passou pelos times São Paulo, Flamengo, Cruzeiro, Boa Esporte, Brasiliense e o time boliviano Jorge Wilsterman, onde encerrou sua carreira após 19 anos de disputas.

Ele teve contato com a religião em 2014, quando o vício em álcool passou a prejudicar sua carreira.

“As portas já estavam se fechando depois que saí do Flamengo em 2013.

As coisas estavam saindo do meu controle.

Algo estava errado, mas a gente ainda reluta em solucionar com nossas próprias forças.

Em 2014, fui pego em uma blitz em Campinas, paguei fiança e foi ali que a ficha caiu”, contou ele ao Globo Esporte.

O atleta encontrou na igreja a solução para o problema.

“Eu tinha que procurar uma mudança.

Fui apresentado a Cristo.

Fui para a igreja, ouvi a palavra e me apaixonei.

Foi em 2014, após essa blitz, na delegacia.

Foi quando surgiu um sobrenatural na minha vida.

Foi quando entendi que da página de campeão, de referência para crianças, ir para a página policial não é legal”.

Membro da Igreja Assembleia de Deus Belém em Indaiatuba, interior de São Paulo, ele tem pregado em várias partes do país, fazendo um alerta para que outras pessoas não comentam os mesmos erros.

“Tenho rodado o Brasil compartilhando o testemunho, pregando a palavra de Deus.

Estou feliz, pois a gente está mudando vidas.

Mostrando o caminho decente, o caminho verdadeiro.

Hoje, estou focado nisso”, revela.